:: músicas

» home

» quem somos

» músicas

» galeria de fotos

» contactos

» livro de visitas









ofertório
» no teu altar
» és a minha vida
» aceitai os nosso dons
» aceita senhor nossa vida
» pelo vinho e pelo pão
» nas mãos do pai colocamos
» eis o pão, eis o vinho
» nas tuas mãos, senhor
» com as mãos abertas, senhor
» hino de louvor


no teu altar pelo vinho e pelo pão
No Teu altar, Senhor,
Coloco a minha vida em oração.(bis)

O desejo de amar e ser amado,
Quero em Tuas mãos depositar.

O desejo de ser bom e generoso,
Faz-me viver com mais amor.

Os amigos que me deste e que são teus,
Tudo te entrego a ti senhor.



Quem vai com lágrimas lançando a semente,
E só cansado, após trabalho, corpo deita,
Prepare cantos para a festa da colheita:
Deus lhe dará com abundância os seus bens!

Senhor Deus Pai, sejas bendito,
Por este vinho e pelo pão!
Por toda a dor e cada grito,
Que se faz vida em nossas mãos! (bis)

Quem come o pão do seu suor e sofrimento,
E, solidário, une a sua dor alheia,
Prepare o dia para a grande e farta Ceia:
O próprio Deus lhe servirá a refeição!

Quem se faz trigo e como dom a vida entrega,
Na luta por um mundo justo e fraterno,
Prepare a vida para a luz do Sol eterno:
Deus será nele a total ressurreição!


és a minha vida nas tuas mãos, senhor
És a minha vida, Cristo meu Senhor.
És o meu caminho, a minha verdade!
Na tua palavra, eu caminharei.
Pois o teu amor me envolve
E sempre actua em mim;
Nada temerei, porque tu estás comigo;
Que eu jamais me afaste de ti!

Cristo, em Ti, Senhor,
Filho de Maria,
Verbo eterno e santo,
Homem como nós!
Morto por amor, vives entre nós;
És uma só coisa com o Pai e com os teus.
Até àquele dia,
Eu sei, em que voltarás
Para completares o teu Reino.

És a minha força, outra eu não tenho;
És a minha paz, minha liberdade!
Nada nesta vida nos vai separar,
Sei que a tua mão amiga o não deixara;
A do mal, a força em mim não irá vencer,
Pois no teu amor viverei!

Creio em Ti, Senhor,
Que és fonte de vida,
Creio em ti, Jesus,
Filho Salvador!
Vem, Espírito Santo,
Vem , fogo de amor,
Reunir na unidade todos os irmãos,
E por mil caminhos,
Sim, onde tu quiseres
A palavra semearemos.



Nas Tuas mãos Senhor, coloco as minhas
Junto de Ti, repouso o meu ser
À Tua vida, ofereço a minha vida
À Tua vontade, eu uno o meu querer.

Nas Tuas mãos Jesus, coloco as minhas
Venho para Te contemplar
Preciso de Te conhecer
Em silêncio Te amar.


O Pão da tua vida, que à mesa consagraste
Partiste, abençoaste
E dividiste com os Teus amigos
Como prova de amor
Uma fracção guardaste no Teu coração
Geraste-a como Pão vivo de Deus.

O Pão do Teu coração, que consagraste
Reparte-se em acção de graças
E dá de si
É sinal do mesmo amor
Uma missão lhe confiaste
Ser Pão do Senhor.

O Pão do Teu Amor, procura o Teu coração
Multiplica-se, transforma-se,
precede de Ti
Na sua vocação
Ser nome universal de Si
Unir, consagrar e ser amor.

O Pão do Teu ser, doação eterna de Ti
Reconhece-se onde estas,
é Tua transparência
Feito de Amor e paz
Pão me ofereço assim,
Meu Pão até ao fim.


nas mãos do pai colocamos com as mãos abertas, senhor
Com alegria oferecemos,
Tudo o que somos e temos:

Nas mãos do Pai colocamos,
Com Jesus todo o nosso viver.


Esta semana de estudo,
O que de bom aprendemos:

Nossos pequenos trabalhos,
Dores cansaço e alegrias:

A união da família
E todo o bem que há no Mundo:



Com as mãos abertas estou
Trazendo as ofertas Senhor. (Bis)


Trazendo nas mãos os calos da enxada
Vida marcada de lavrador.
Os frutos e o canto quase lamento
Neste momento te entrego Senhor.

Oferta pequena de pouco salário
Luta de operário trazemos também
Todo o sacrifício das mãos que suaram
E este pão assaram para o nosso bem.

Todo é teu, Senhor, nós somos o teu povo
Neste gesto novo vamos celebrar
Nosso compromisso, nossa esperança
Na eterna aliança, pra nos libertar!



aceitai os nosso dons eis o pão, eis o vinho
Aceitai Senhor os nossos dons
Aceitai a nossa vida o nosso Amor. (bis)

Aceitai Senhor o vinho e o pão que vimos trazer,
Toda a nossa vida vimos oferecer. (bis)

Aceitai Senhor os frutos bons que a terra produz,
Nossa juventude dá-se com Jesus. (bis)



Eis o Pão que juntos of’recemos,
O Pão da nossa vida o pão do nosso amor.
O Pão da nossa terra as dores e alegrias
E a nossa esperança num mundo melhor.


Em teu santo altar, Senhor vimos depor
A nossa esperança nossa fé, nosso amor;
O que somos e temos a ti confiamos.
Transforma-nos em luz que brilha para os homens.


hino de louvor aceita senhor nossa vida
Pela vida de todos nós,
Que sorri ao nascer do sol,
Pela fé e a dor de quem sofre,
Louvado sejas Senhor.

Pelo pão que nos faz viver,
Pelo vinho que nos sacia,
Pela fome de tantos sem pão,
Louvado sejas Senhor.

Louvado sejas Senhor
Louvado sejas.
Louvado por estes dons que nos dás,
Louvado sejas.

Pela música e pela alegria,
Que ecoa bem dentro de nós
Pelo sonho de um mundo de Paz
Louvado sejas Senhor

Pelo sol que aquece esta ,terra
Pela luz que ilumina o dia,
Pelo silêncio que fala de ti
Louvado sejas Senhor.



Aceita tantos jovens peregrinos do infinito
Pois carregam nas suas veias a esperança como um hino
Aceita as suas lutas, desemprego e solidão
Sem escola, habitação e a incerteza do amanhã
Aceita a melodia que lhes sai do coração
Como fonte de outro dia, de outra terra prometida
Construtores do presente com a seiva do futuro

Aceita Senhor a nossa vida que é Tua
E faz deste mundo um mundo irmão
Caminha connosco e faz-nos caminhar
Para sermos a tua imagem
O homem da ressurreição.


Aceita o trabalho deste povo dedicado
Por sua conta ou empregado vai ganhando o seu pão
Aceita os operários desta terra em construção
Vendedores ou cantores, geram participação
Aceita estas mãos duras calejadas do serviço
Deste povo que aceita construir a comunhão
Com as mãos e no trabalho fazem a libertação

Aceita Senhor a família tua imagem
Sinal de que tu estás vivo aqui na terra
Aceita a união, doação fidelidade
Fermento de harmonia, liberdade e crescimento
Aceita o compromisso e a aliança dos esposos
Que entregam a sua vida p'ra gerar humanidade
E as crianças são a prova de um amor inseparável

Aceita Senhor a nossa Igreja em Congresso
Voltada para ti e para o mundo transformar
Aceita Senhor esta vontade de acertar
Discernir, participar, intervir, interpelar
Aceita a comunhão da Igreja reunida
Ou espalhada pela terra p'ra fazer nova cultura
Com a força do Espírito novo povo aqui será

Aceita o Movimento dando à Igreja os seus frutos
Os jovens assumindo nova forma de viver
Aceita os casais e as moças consagradas
O Movimento em missão e o Shalom Libertação
Aceita a nossa entrega p'ra viver o Evangelho
Transformando a realidade para a nova humanidade
Que é gerada na Palavra, na morte e Ressurreição




email: cjbalteiro@sapo.pt

© 2007 CJB